Bandeiras dos Palop

Bandeiras dos Palop

visual novo

Hoje alterei o visual do meu blog. Porquê? Porque senti vontade de mudar para um fundo que se adaptasse mais ao tipo de mensagens que aqui vou passando. Falando português, estamos em vários pontos do mundo e, por isso, talvez seja mais lógico este fundo castanho com o mapa do mundo sobreposto. Afinal o portugês é isso mesmo. Espalhado um pouco pelo Mundo.

PORTUGAL FASHION 2011

                                                                                PORTUGAL FASHION PELA PRIMEIRA VEZ EM LISBOA


Pela primeira vez em quase 15 anos de história, o Portugal Fashion (PF) organiza um programa de desfiles de moda em Lisboa. A 23.ª edição do evento inclui uma noite na capital portuguesa dedicada às colecções de atelier de criadores com experiência internacional, noite essa que serve de complemento ao fim-de-semana de desfiles que teve lugar, a 26 e 27 de Setembro, em Vila Nova de Gaia.

        




        


                       





MOÇAMBIQUE

Não me agrada dizer isto, mas falo de Moçambique. Do outro lado da costa africana, no Índico. Esse grande irmão que, do meu ponto de vista, sofre de uma coisa a que se chama distância. E a distância, normalmente não une, mas ajuda a separar, principalmente se não existirem elos profundos de ligação. Moçambique, é certo, sempre viveu mais virado para o outro lado, bebendo muito dos seus irmãos da África do Sul.

Mas não sei porquê sinto que há dificuldades de relacionamento com este país, tão CPLP, como outro qualquer. Tenho dito que a união  não depende apenas de políticas de circunstância, mas principalmente da união dos povos. E nós precisavamos de nos juntar mais com os moçambicanos.

É por isso que a notícia publicada no Jornal Maputo Digital me deixa mais feliz. Porque empresários portugueses, procuram novas oportunidades em Moçambique.
E lá está uma vez mais. O povo pode. E os empresários, também são povo! Leia mais no link: Empresários portugueses procuram oportunidades em Moçambique. Desejos de que tudo se encaminhe pelo melhor.

ARTUR AGOSTINHO

Artur Agostinho, mais conhecido hoje das novelas, não era apenas isso.
De há muito dedicado á comunicação e cinema, foi um homem muito ligado ao desporto e ao futebol.
Presença importante na televisão pública de antes do 25 de Abril, viria a sofrer muito com a queda do anterior regime portugês, á semelhança do que aconteceu com outros comunicadores desse tempo.
Foi obrigado a deixar portugal e procurar outras paragens onde, a discriminação política, não batesse tão forte. Artur Agostinho, sentiu-se minado por dentro e por fora e também, talvez, atraiçoado!
Relembro a sua célebre frase, muitas vezes dita: APRENDI A PERDOAR, MAS NÃO A ESQUECER!
E assim, um afável comunicador nos deixou. Aqui fica a ligação para consultar, se quiser saber mais: Artur Agostinho. Clique.

Elisabeth Taylor


E que dizer da morte desta diva do cinema americano falecida ontem em Los Angels?
79 anos de idade e uma vida repleta de êxitos no cinema, a sua grande vocação.
É talvez a mulher que mais relevo teve enquanto actriz de cinema. Só ele sabia dar toda a sua arte e beleza da maneira que mais ninguém conseguiu faze-lo.
Muito se poderia dizer desta mulher exepcional, nascida em Londres. A sua filmografia é, além de extensa, repleta de grandes obras da sétima arte.
Aqui fica também o registo da sua morte e a lembrança de umas das maiores actrizes de sempre. Mas se acha que quer saber mais e conhecer um pouco da sua obra e biografia, clique: Elizabeth Taylor





Mas a fome, essa ingrata, acabou por leva-las ao mercado, bem bonito por acaso, onde uns morangos de Malaga ajudaram a tapar um buraquinho. O homem aranha, esse, ficou na Plaza Maior a tecer uma outra teia para outras aranhazinhas...
Posted by Picasa

Homem aranha

Podia até nem dar muito nas vistas, se ao menos o homem aranha, não fosse uma aranha pançuda.!
A verdade é que se segura bem e a aranhazinha ao lado, até que ficou muito bonita.
Para constar, na Plaza Maior de Madrid em Março de 2011. Bonito
Posted by Picasa

Centrais nucleares, afinal, sim ou não?

Talvez para o bem de nós todos, portugueses, não existem centrais nucleares no nosso país.
Um atrazo, dirão uns...uma sorte dirão outros. Eu comungo da segunda opinião, a avaliar pelos resultados conhecidos, quanto a problemas muito graves com centrais nucleares. E já não são assim tão recentes, infelizmente. Será que os riscos imprevisíveis de tais construções compensam a necessidade humana de conseguir cada vez mais e mais energia?
Mas recuemos um pouco e vejamos as experiências extremamente negativas que são conhecidas.

28 de março de 1979
ESTADOS UNIDOS
Em Three Mile Island (Pensilvânia), uma série de erros humanos e de falhas materiais impediram o resfriamento normal de um reator, cujo centro começou a derreter.
Os dejectos radioativos provocaram uma enorme contaminação no interior do recinto de confinamento (Containment Building), mas não afetou a população nem o meio ambiente.
Cerca de 140 mil pessoas foram temporariamente deslocadas. O acidente foi classificado no nível 5 da escala internacional de eventos nucleares (INES), de um total de sete níveis.

Agosto de 1979
ESTADOS UNIDOS
Um vazamento de urânio em uma instalação nuclear secreta perto de Erwin (Tennessee) contaminou cerca de mil pessoas.

Janeiro-Março de 1981
JAPÃO
Quatro vazamentos radioativos ocorrem na usina nuclear de Tsuruga (centro), contaminando por radiação 278 pessoas.

26 de abril de 1986
URSS-Tchernobyl
O reator número 4 da usina soviética de Tchernobil (Ucrânia) explodiu durante um teste de segurança, causando a maior catástrofe nuclear civil da história e fazendo mais de 25 mil mortos (estimativas oficiais).
Durante dez dias, o combustível nuclear queimou, jogando na atmosfera radionuclídeos de uma intensidade equivalente a mais de 200 bombas atômicas iguais à que caiu em Hiroshima. Três quartos da Europa foram contaminados.
Moscou tentou encobrir o desastre e, depois, minimizar o acidente, classificado em nível 7. As vítimas foram em maioria russos, ucranianos e bielorrussos que participaram da limpeza e da construção de um sarcófago ao redor do reator acidentado. Veja no link abaixo.
http://www.youtube.com/watch?v=DhYXTuB8XSo

Abril de 1993
RÚSSIA
Uma explosão na usina de reprocessamento de combustível irradiado em Tomsk-7, cidade secreta da Sibéria Ocidental, provocou a formação de uma nuvem e a projeção de matérias radioativas. O número de vítimas é desconhecido.

11 de março de 1997
JAPÃO-Honagawa
A usina experimental de reprocessamento de Tokaimura (nordeste de Tóquio) foi parcialmente paralisada depois de um incêndio e de uma explosão que contaminou 37 pessoas.

14 de Março de 2011
JAPÃO-Fukushima
Uma explosão de hidrogénio aconteceu no reactor numero três, não se calculando, 10 dias depois, as consequências que daí possam resultar.
http://www.youtube.com/watch?v=y7kFpDZ8V1c&feature=related
Dois exemplos de imagens, que dão para pensar. É como querer conquistar tudo, para no fim, não se ter nada.


Nuclear, ou não?


























































PRIMAVERA!

Flor da ameixeira
21 de Março e, depois de tantas angústias, más notícias, aumento dos impostos e muito mais, a juventude á rasca, as manifestações, o sismo do Japão a guerra da Líbia de Kadafi, eis que, de repente ela aparece luminosa e resplandecente, com um sol reconfortante e suave!

É ela mesmo. A primavera. Para mim, a estação mais bela e promissora do ano, que trás consigo a euforia a alegria e a sensação de que tudo vai ficar melhor e diferente. Ela trás uma carga positiva que se transmite ás pessoas, dando-lhes uma energia renovada, que aparentemente se tinha eclipsado, talvez desde o fim do verão passado. Tanto tempo!

Então é hora de erguer o hino á primavera e aguardar pacientemente que ela nos traga as suas lindas flores, os seus frutos e verduras e que, acima de tudo, nos traga paz, alegria e mais esperança.
Desde aqui desejo a todos os que me lêem, uma boa entrada nesta primavera renovadamente promissora.
Páscoas silvestres
Ela renova toda a natureza dando-lhe vida, como renova as nossas próprias vidas. Exactamente da mesma maneira. Sem nada cobrar!

Tirei estas fotos hoje, de propósito para o dia. Jóias fihas da primavera, que aqui ficam, fresquinhas. E foi lá, nesse jardim da primavera, que elas foram tiradas.

Tulipa amarela

Redodendro







 



        

Japoneira


Jasmim

Pessegueiro

Tulipa vermelha









 Quer ver maior? Clique em cima e desfrute. Vale a pena.